sexta-feira, 29 de outubro de 2010 | By: Vivian Mont'Alverne

Folhas secas

Ela estava linda ao entrar naquela sala... Vestida em tons pastéis, sapatos altos, cabelos curtos e escuros como a noite sem luar, com uma franja ultrapassada que ficava muito próxima dos seus olhos marinhos... Tudo um tanto retrô. Sorriso largo, pinta de nascença no pescoço, 57 kg bem distribuídos em 1,67 de altura. Ah! O seu nome era Autumn.
Desde aquele 24 de outubro, meu pensamento não viajara por outro lugar senão àquela sala envernizada. Ela não olhava para os lados, eu e meus companheiros imaginávamos o quão altiva essa linda mulher deveria ser. (...) Até eu conhecê-la no elevador... - Nossa! Cheirava a rosas vermelhas e ouvia a minha música preferida (tocada por uma daquelas bandas que ninguém conhece). Era divertida, doce e inconstante.
Começamos com um café, saímos para jantar e depois fomos juntos à festa da empresa (até então, nada acontecera... nem um afago nas mãos) Ao término dos comes e bebes, resolvemos ir embora... Fora do salão, ela me surpreendeu com uma pergunta: - Você gosta de mim? - e eu respondi: - Sim, você está se saindo uma amiga e tanto (tentei enganar à quem?) - Ela sorriu e falou que também gostava de mim como amigo... E me beijou.
(...) Tremi dos pés à cabeça... Um calor tomou o meu corpo... Estava perdidamente apaixonado. E ela? Ah... Após o beijo, disse-me: Não quero um relacionamento, vamos viver. (Concordei)
Os dias que passamos juntos foram maravilhosos, mas aquela incerteza começara a me importunar. - Por que ela passa os dias dando-me as mãos, agarrando-me em sua cama, e quando resolve não querer, simplesmente me expulsa? Que sentimento seria esse? (Sim, tentei por muito tempo ignorar esses pensamentos...)
Numa tarde de domingo, no mesmo café do nosso "primeiro encontro", resolvi tirar todas aquelas dúvidas da minha cabeça... Acabadas as minhas interrogações, ela, sem titubear, disse-me que iria se casar e que, como seu melhor amigo, eu deveria saber.




Ah! Como odeio aquele sorriso torno, aquela franja antiquada e aquele cheiro de folhas secas ao acordar!

5 bilhetes:

Bianca Bigogno disse...

Ai tadinho!
Você está cada vez melhor querida.
Muito, muito bom mesmo. Adorei!
"Não quero um relacionamento, vamos viver"
Perfeito. É isso que eu quero; viver!

Beijos :*

Nicelle Almeida disse...

Noossaaaaaaaaa, que maravilha de textooo.
Ameiiiiiiiii... =)
Tenho que repetir o comentario acima: vc está cada dia melhor. FATO!
Um super beijo, querida e te espero lá no blog, tem post novo ;)
Já está participando do sorteio? Não fica de fora!!!!!
www.nicellealmeida.blogspot.com

Malu disse...

Vivian !


Maravilhoso seu texto , senti todos os aromas ...


BjO Grande .

Juliana Castelo Branco disse...

Impressão minha ou esse texto foi tirado do filme 500 dias com ela (500 days of summer)?
De qualquer forma amei tê-lo visto por aqui, esse filme é tremendamente MARAVILHOSO!
Vale a pena conferir!
Abraços...

Vivian Mont'Alverne disse...

Foi baseado nele, sim! hihihi :)

Postar um comentário