terça-feira, 12 de outubro de 2010 | By: Vivian Mont'Alverne

Achados e perdidos


Inocência, por onde andas? 

Cadê o esconde-esconde? A amarelinha foi exilada? E as bonecas? E o peão?
...Aonde foram parar? 
Virou poeira e o vento levou? Ou foi o cupim que deteriorou?

Está brincando de pega-pega com os ponteiros do relógio.

9 bilhetes:

Juci Barros disse...

ótimooo!
Beijos.

Malu disse...

Lindo texto , amiga querida !
Imagem , ídem ...


Eu , graças a Deus , conservo minha inocência até hoje. :)

BjO e um Feliz Dia das Crianças !

Jackeline Licá disse...

Ah que post mais meigo *-*

Paola Patricio disse...

O post tudo a ver com o dia né?
Também me pergunto por onde anda essas brincadeiras...
Lindo o post!!

Bjoos

Bianca Bigogno disse...

Meigo mesmo, amei! *-*
Feliz dia das crianças Vivian,
que a gente nunca deixo morrer a criança dentro de nós.
Um beijo querida :*

Denise Portes disse...

Muito fofo o texto e a foto.
Beijo
Denise

Nicelle Almeida disse...

É, minha cara, a infãncia de hj em dia é outra. Nós é que fomos crianças felizes!!!
Adorei o post.
Beijão e te espero lá no blog ;)
www.nicellealmeida.blogspot.com

disse...

Falo tudo a infância de hoje não tem mais nada a ver, mas o principal é curtir a infância, é a melhor parte da vida!

http://falando-peloscotovelos.blogspot.com/

Maykel disse...

É a nossa inocência algo tão puro e serene, a saudade é eminente e o desejo de voltar aos belos anos de que nada tinha sentido além da diversão e dos berros de mãe e pai, para nós se torna apenas lembranças, e tem quem diga em tal fase que queria ser mais velho... acho que muitos se arrepedem! O nosso novo parque de diversões é o pontero do relógio e as dificuldades de nem sempre conseguir expressar o que se realmente sente, enquanto criança apenas um olhar ou gesto bastava.


www.mascarasdaverdade.blogspot.com

Abraços.

Postar um comentário