domingo, 26 de setembro de 2010 | By: Vivian Mont'Alverne

A walk to remember

Odiavam-se. Ele ria. Ela sentia desprezo. Eram mundos opostos. Ele aprontou, como sempre, e precisou pagar uma pena. Pediu ajuda à ela. Ela aceitou, mas pediu-lhe que não se apaixonasse. Ele sorriu e concordou. Passaram-se alguns dias e, numa troca de olhares, ele percebera que estava apaixonado. Beijou-a. Ela se assustou. Ele deixou seus antigos hábitos por seu novo amor. Protegeu-a de tudo e todos. Viveram um amor lindo, puro e intenso. Ela resolve então contar um segredo à ele: estava muito doente. Ele procurou ajuda de todas as formas. Realizou o seu sonho. Casaram-se. Seu corpo vai embora algumas estações depois.


        "Nosso amor é como o vento... Não posso ver nem tocar, mas posso senti-lo..." 




Uma linda história de amor na qual preconceitos são quebrados, conceitos são mudados, valores são repensados, problemas são superados. Ela vai, mas o amor fica, pois todo esse sentimento estava dentro dos dois com a mesma intensidade... Formando um só coração, uma só alma, um só desejo, um só espírito.

3 bilhetes:

queenbw_ disse...

e ela ainda foi capaz de fazer um milagre, ele á deichou mais viva e ela foi capaz de salvá-lo ! Adoro esse filme . <3

Paola Patricio disse...

Vc escreve com alma né Flor?
Essa história sempre me emociona muito!!

Bjos

Leo disse...

Esse foi muito bom, ganhou um suspiro daqui!

Beijo grande !

Ah, obrigado pela indicação, fico feliz que goste do meu blog, sei que tens bom gosto e isso me deixa mais feliz ainda!

Postar um comentário