sexta-feira, 10 de setembro de 2010 | By: Vivian Mont'Alverne

Taça

                 Frágil e doce.
 Cheia de sentimentos. 
        Um encanto.
             Um canto esplêndido de amor.


Cuide. Não a deixe quebrar. 
Quanto líquido precioso ainda pode portar
Quantos tin-tins ainda pode soar.
Quantos amores ainda pode selar.
Quantas mágoas ainda pode afogar. 
Quantos anos ainda pode passar.
Quantos brindes ainda pode dar.
Quantas sonhos ainda pode realizar. 
(...) Cuide, não a deixe quebrar. 

Não deixe os cacos se espalharem pelo chão. Deixe o tapete vermelho só para realçar o sorriso.
Brinde à vida. Brinde à felicidade.



3 bilhetes:

Pablo Trabuco disse...

Influenciada por Clarice? Gosto do que é instrospectivo, gosto de sentimentos, gosto de literatura de verdade. Logo, gostei do seu texto. Parabéns!

Bianca Bigogno disse...

Vooooou. Mas eu só gosto de café forte heim? Prepara ai, deixa pronto que eu vou passar sempre por aqui. Adorei seu blog, estou te seguindo também. Beijo querida :*

Rebecca disse...

lindo blog!
tb adoro balé, escritos, clarice e beatles *-*
não curto muito cafe mas vou aceitar (:

http://cloudsandbirds.blogspot.com/

Postar um comentário