domingo, 19 de dezembro de 2010 | By: Vivian Mont'Alverne

Metalinguando o amor


Porque o amor verdadeiro não exige muitos contextos, 
muitas palavras, muitas vírgulas ou muitas exclamações...
São necessários apenas dois pronomes: Eu e Você
sujeito composto, voz reflexiva - agente e paciente - 
tendo os adjuntos adverbiais apenas como partículas de realce.

8 bilhetes:

Miss nothing. disse...

Own, achei lindo *-*

Nicelle Almeida disse...

Ahh que lindo!!!
Pra que explicar ou definir o amor? A gente apenas SENTE!!!

Beijos, querida.
Tenha uma ótima semana.

Te espero lá no blog ;)
www.nicellealmeida.blogspot.com

Maria disse...

Totalmente encantador!

Maria disse...

Ah tem um selinho no meu blog pra você (= http://umprofundosentimento.blogspot.com/2010/12/lindos-adoraveis.html beijão!

Lud disse...

ei, que perfeito!
não exige muitos contextos mesmo!
Nas palavras de um fenomenologista, o amor não pode ser localizado em alguém pois é um evento entre duas pessoas. Está no tempo e no espaço de um abraço porque só quem já ficou de braços vazios sabe o quanto dói.

Anônimo disse...

definitivamente a coisa mais linda que tu já escreveu

Paola Patricio disse...

Aiii que lindo Vivi!!!!

Anônimo disse...

Me apaixonei agora...
W.Faray

Postar um comentário